Têxteis biodegradáveis à base de algas

Violaine Buet, uma designer industrial com foco em têxteis, produziu uma extensa coleção de têxteis biodegradáveis feita inteiramente de algas.

Este projeto nasceu do desejo da designer de trabalhar com materiais locais, perto da sua casta na costa da Bretanha. Violaine Buet baseia-se na flexibilidade da qualidade das algas para transformá-las em materiais de manufatura viáveis. Essa qualidade permite que as algas sejam, então, tecidas, coloridas, costuradas, estampadas e ate bordadas, entre outras técnicas.

“A alga marinha é um organismo; é um corpo que muda, e é diferente se estiver seco ou molhado – então nunca é um material realmente constante.”

As algas são um dos recursos naturais mais extensivamente estudados. Pelos seus componentes biológicos abundantes, torna-se um recurso adequado para produtos desde farmacêuticos a cosméticos ou alimentares. Hoje, o mercado começa a expandir também para a fabricação de objetos de arte, decoração e joelharia e é aqui que Violaine Buet sobe ao palco.

A coleção de tecidos de Violaine Buet pode ser encontrada no seu website oficial. Com uma expansão do seu trabalho com algas, oferece serviços baseados no uso de algas na fabricação e produção bem como secções sob medida de materiais à base de algas e outros serviços focados em design.