Surf feminino pela 1º vez em São Tomé e Príncipe

No mês de setembro irá decorrer a primeira edição do campeonato de surf feminino em São Tomé. A vontade de promover económica, social e ambientalmente o país fez nascer o projeto STAR ZERO ZERO.

START ZERO ZERO

A START ZERO ZERO tem como objetivo apoiar o desenvolvimento dos países ligados à Comunidade de Países de Língua Portuguesa. Este apoio é feito através da organização de campeonatos de surf.

Francisca Sequeira, Veridiana Bressane e Maria Magalhães são as criadoras deste projeto. Unidas pelos mesmos valores, a mesma língua e a paixão por desportos, juntaram-se para promoverem uma transformação sustentável nas comunidades de língua portuguesa e promoverem o surf feminino.

Apesar de terem percursos diferentes, sempre tiveram uma ação ativa na promoção dos desportos de prancha bem como numa vida mais sustentável. Juntaram-se em março de 2021, em plena pandemia, e criaram a STAR ZERO ZERO.

Durante o campeonato de surf feminino, irá decorrer ainda vários eventos relacionados com o projeto. Podemos encontrar na agenda: Talks e workshops com convidados by Girls on Board, uma limpeza de praia com o apoio da Sea Shepherd e da Global Networks e ainda uma sessão de surf com as meninas da ONG SOMA. Parte dos lucros desta operação serão a favor desta ONG, que luta pela igualdade de género no país em questão.

O PRO SURF SÃO TOMÉ é uma iniciativa que tem como objetivo abrir janelas aos atletas que querem ir mais longe. Este poderá ser o evento que levará o surf de São Tomé e Príncipe para as bocas do mundo.